Maldita limitação

domingo, 11 de outubro de 2009 - Postado por Luiza Drumond às 17:10

Boca costurada, mão amarrada.
Idéias cortadas, imaginação limitada.
Caneta nem tinta, papel amassado.
Livro na mesa, pão com manteiga.
Faca corta o laço que prende as mãos.
A boca joga fora versos no papel e o livro conta história dos setes anões.
Reações: