Voa pensamento, voa passarinho

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011 - Postado por Luiza Drumond às 16:36
Via(we♥it)

“Eles passarão. Eu passarinho”.

Asa de conforto,

Então vem. Se junte a mim, traz tuas coisas e me ensina voar. Tire-me de órbita e me leva pro teu mundo. Deixe-me flutuar, me ensine amar. Ensine-me a ler teus versos, me ensine a decifrar tuas penas. Rapte-me, cante comigo nossa música. Ajude-me a ser igual a ti, passarinho. Me levante, me encante, por favor, dance comigo. Tira-me do caos da Terra, tira-me da solidão eterna, me leva pro teu mundo, me abrace e me queira. Quero ser tua amiga. Levo-te pra natureza, te tiro do caos, te coloro e te cuido. Cuido de tudo, não se preocupe. Desculpe-me se tenho a loucura dentro de mim, me desculpe se lhe quero por perto, me desculpe se eu quero te cuidar e contar tudo sobre minha vida. Desculpe-me se não sei cantar tua canção predileta, me desculpe se não somos iguais. É que eu não sei voar e nem cantar. Nasci assim, com pernas presas ao chão. Tenho a mente solta, por isso lhe peço ajuda para me tirar do caos. Meus braços estão abertos, esperando tuas asas. Vem pra mim, passarinho. Vem de encontro a minha alma. Tire-me do chão, me ensine a sonhar.

Vivemos no mesmo mundo e sonhamos o mesmo sonho, lhe abraço no silêncio e na mente peço para nossos sonhos e vontades se encontrem. Ah, passarinho azul, lhe espero e lhe apresso. Preciso de ti mais do que imagina, preciso de ti e acima de tudo da tua calmaria. Quero-te pra todo o sempre, por perto.

Voa pensamento, voa passarinho, traz pra mim o que há de bom no vento.
Reações: 
0 deixaram a sua mensagem