Humana igual a você

sábado, 23 de maio de 2009 - Postado por Luiza Drumond às 15:20

Queria ver você parar, então pare.
Queria ver você chorar, então chore.
Queria que você morresse, então morra.
Queria que você amasse, então ame.
Queria que você explodisse em mil pedaços, então exploda.
Queria que você fosse igual a mim, então seja.
Queria que você não me culpasse por te amar tanto, pois sou humana, uma humana que não vive sem você.
Reações: