Ore por mim

quarta-feira, 11 de novembro de 2009 - Postado por Luiza Drumond às 09:33

Príncipe da filosofia, homem prazeroso cale-me com o doce som do seu piano, tirai-me essa dor que me sufoca e me mata. Ore por mim, proteja-me, é meu anjo da guarda agora. Tem essa missão e deve cumpri-la. Veja, prometo amar-te e respeitar-te... Agora me prometa que nunca, nunca mesmo, mesmo que eu tenha que dar meu último passo até você que não me deixará.

Atendei-me e confortai-me...

“Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o vosso nome.
Venha a nós o vosso Reino.
Seja feita a vossa vontade, assim na Terra como no Céu...”

Amém.
Reações: