Vestido branco

quarta-feira, 9 de setembro de 2009 - Postado por Luiza Drumond às 09:10
Quando encontrar você
sei que vou chorar.
Quero que você enxugue minhas doces lágrimas, com a sua boca.

Arrepiando-me dos pés a cabeça.
Me entregue uma rosa vermelha
junto a um abraço teu quente e aconchegante

Vou vestir um vestido branco
e um colar de três quilates, brilhante diamante
Oh, querido! Cubra-me com uma manta.
Dê-me um bom chocolate quente.
Arranque meus segredos mais fúteis de uma passado, presente e futuro brilhante.

Leia-me, me escreva me desenhe, entre os setes mares.
Seus olhos ainda furarão os meus, pretos, feito duas jabuticabas gigantes.

Oh meu amor! Dance comigo essa noite,
cante pra mim com uma vitrola berrante, coisas sobre seu mundo brilhante.
Verdades tão verdadeiras.
Serei seu veneno mais viciante, tua menina,
mesmo que nós estejamos distantes.
Reações: